Comissão do Jovem Advogado analisa projetos para melhorar a atuação profissional na advocacia

A Comissão do Jovem Advogado da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, reuniu-se, na tarde desta terça (30), para debater a execução de projetos que visam aprimorar e estimular a atuação dos jovens advogados. Entre as pautas analisadas, a Comissão pretende realizar, em parceria com a Escola Superior de Advocacia do Piauí (ESA-Piauí), uma oficina de redação jurídica para orientar o advogado sobre os recursos gramaticais da Língua Portuguesa.

Na ocasião, o presidente da Comissão, Francisco Felipe Santos, apresentou o projeto de Cursos e Oficinas de Gestão de Escritório, elaborado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), que tem como objetivo capacitar advogados no processo de montagem de seu escritório de advocacia, com vistas à melhoria da qualidade dos serviços que serão prestados por seus colaboradores, junto aos clientes externos e internos.
Segundo Francisco Felipe, a realidade de gestão em que o advogado está inserido necessita do conhecimento de várias áreas que estão além da advocacia. Por isso, torna-se necessário uma mobilização sobre o assunto, principalmente nas cidades do interior, onde o número de escritórios tem aumentado consideravelmente.
Prosseguindo com os projetos passíveis de aprovação pela presidência da OAB-PI, a Comissão do Jovem Advogado propôs a elaboração de um evento que possa reunir advogados, empresas e estagiários. A ideia inicial do evento é que exista um momento em que os participantes troquem experiências e informações que possam resultar em contratações e seleções, oportunizando de forma dinâmica, mais uma alternativa de inserção do advogado no mercado de trabalho.
A Campanha Eleições Limpas também foi discutida. Os membros da Comissão ressaltaram a importância de aumentar a conscientização popular em relação ao movimento que defende a fiscalização e controle social das eleições. Para isto, foi sugerida a distribuição das listas de assinaturas e cartilhas em empresas e órgãos públicos.
Estiveram presentes na reunião o vice-presidente da Comissão, Amadeu Ferreira de Oliveira Júnior; o secretário, Aroldo Sebastião de Sousa; e os advogados José Ribamar Lima Filho, Felipe Borges Alencar e André Lopes Nascimento.
Fonte: OAB/PI