Dilma nomeia Admar Gonzaga ministro substituto do TSE

A presidente da República, Dilma Rousseff, nomeou, nesta terça-feira (11/6), o advogado Admar Gonzaga para o cargo de ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral. A nomeação será publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira.

Admar Gonzaga foi incluído em lista tríplice pelo Supremo Tribunal Federal há um mês para o preenchimento da vaga aberta desde agosto de 2012, quando o ministro Henrique Neves terminou o mandato de juiz substituto. Ele foi nomeado como titular da corte por Dilma, depois de ter servido por quatro anos na condição de substituto, em novembro passado. Além do nomeado, constavam da lista os advogados Joelson Costa Dias e Alberto Pavie Ribeiro.

Gonzaga é membro do Instituto Brasileiro de Direito Eleitoral e da comissão de juristas do Senado para a reforma do Código Eleitoral. Foi advogado de causas marcantes na história recente do TSE. Atuou em favor do PSD na defesa da criação do partido liderado pelo ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. Também foi autor da consulta do DEM que deu origem ao reconhecimento da infidelidade partidária como causa de perda de mandato, tese confirmada, depois, pelo Supremo.

 

Fonte: Consultor Jurídico